terça-feira, 21 de agosto de 2012

tumblr_ll3rvo93fK1qfzhkko1_500

 

‎Hoje eu estou desolado e não tenho razões para mentir, e vivo da minha desolação o meu processo de continuidade, porque se eu nego o sofrimento que me ataca, ele nunca vira arte dentro de mim.



Padre Fábio de Melo

Enviar um comentário