quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Tolerar a existência do outro e permitir que ele seja diferente, ainda é muito pouco.
Quando se tolera, apenas se concede, e essa não é uma relação de igualdade, mas de superioridade de um sobre o outro


José Saramago

Enviar um comentário