quarta-feira, 10 de outubro de 2012

“O tempo é o senhor de tudo
Ele arranca máscaras, revela faces, rasga vestes
O tempo destrói e varre como o vento
Mas ele também germina sementes e faz nascer flores”

Enviar um comentário