terça-feira, 7 de julho de 2015


Muita gente me pergunta isso e então no artigo desde mês resolvi explicar um pouco mais a respeito sobre os diferentes papeis que o anjo da guarda e os mentores têm em nossas vidas. A primeira diferença básica é que um anjo nunca foi humano, nunca encarnou na terra enquanto os mentores geralmente já viveram como humanos e na maioria das vezes já viveram com a gente, já foram alguém importante em nosso passado.

Os anjos são seres divinos que servem a nós e fazem a nossa ligação com os reinos ou sintonias mais altas. Existem muitas categorias de anjos, e a mais próxima de nós são os anjos e em segundo lugar os arcanjos. Dentro da categoria de anjos está o nosso anjo da guarda que é um ser que é designado a nos acompanhar desde o momento do nosso nascimento até o momento da nossa morte. Este anjo pode ser visto por algumas pessoas como dois em vez de um, isso porque existe o aspecto masculino e feminino dele.

Eles não têm sexo e se apresentam a nós conforme nossa imagem interior que guardamos deles desde crianças. Algumas pessoas os vêem com asas e outras sem, justamente por isso. O papel principal do nosso anjo da guarda em nossa vida é facilitar tudo para nós, e eles funcionam com a gente de uma maneira muito especial, só nos ajudam quando pedimos, pois respeitam em absoluto nosso livre arbítrio. Se pedirmos eles ajudam com certeza desde que o pedido não prejudique a nós e aos outros. Já os nossos mentores estão ligados a nós com o objectivo de nos conduzirem e nos lembrarem no que se refere a nossa missão principal nesta vida.

Temos uma missão principal e eles nos ajudam a lembrarmos dela assim como ajudam também na facilitação desta missão. Se alguém se desvia da missão, por exemplo, é comum eles nos intuírem e então a pessoa frequentemente sente uma sensação de que algo não vai bem, que falta algo, ou seja eles fazem a gente parar para olhar, para pensar a respeito e dessa maneira vão nos conduzindo. Uma pessoa pode ter um ou vários mentores, depende do que ela precisa realizar. Os mentores não ficam com a gente o tempo todo como os anjos.

Alguns só se aproximam em momentos específicos de nossas vidas. Outra diferença básica é que um mentor é especialista em nos auxiliar em algo específico, portanto ele não pode geralmente nos auxiliar em outras questões, até porque o conhecimento de um mentor geralmente está relacionado àquilo que ele sabe. Não necessariamente um mentor que já terminou seu ciclo evolutivo aqui na terra, que é em torno de 600 vidas, mas ele com certeza é mais experiente que a gente num determinado quesito, assim ele tem condições de nos orientar através da intuição, etc.

Pode ser que em uma próxima vida um mentor de agora venha a ser novamente um companheiro de jornada. Você pode e deve pedir auxilio de seus amigos espirituais. É necessário somente ter em mente uma regra básica: Antes de chamar para perto de si os seus mentores, chame sempre o seu anjo da guarda para te proteger. Assim você não corre o risco de ser enganado por seres que podem se passar por seus mentores. Em meu livro eu falo bastante sobre estes cuidados e em breve escreverei mais sobre este assunto aqui também.

Para contactar o seu anjo e seu mentor é preciso treinar. Eu recomendo que comece fazendo isso todos os dias por aproximadamente 5 minutos sempre no mesmo horário. É bem simples! Feche os olhos, silencie a mente um pouquinho através da respiração e então basta pensar no seu anjo da guarda. Em seguida peça ao seu anjo para ele deixar o seu mentor ou mentora se aproximar. Então você neste primeiro momento somente observe o que sente. Aproveite então toda a energia que vão te oferecer. Com o tempo aprenderá a reconhecer os sinais da aproximação deles e aos poucos poderá aprender a se comunicar com eles. Este foi o primeiro passo!

Fiquem com os anjos!



Via: http://aleidaatracao.blogspot.com.br

Enviar um comentário