sexta-feira, 30 de novembro de 2012

FÉ...

“Eu li uma história, acho que no jornal, de um homem muito rico, que tinha um pai muito adoentado. Gastou milhões em médicos e hospitais, tentou até médicos dos E.U.A., mas era inútil... Ele piorava a cada dia.
O pai, muito católico, acreditava que só Jesus poderia salvá-lo. Foi então que o filho teve a brilhante ideia de trazer um pedaço de madeira envelhecida, dizendo ser um pedaço da cruz

que Jesus carregou e colocou-a embaixo do travesseiro. Em poucos dias o velho se recuperou, saiu do hospital, voltou a andar...
Eis um exemplo.
O ser humano é capaz de muito mais coisa do que é capaz de acreditar.
Uns chamam de fé, outros de força da mente. Eu acho que é a mesma coisa. Acredito, inclusive, que o que faz Deus existir ou não, é acreditarmos Nele ou não. Então o que importa, com efeito, não é se Deus existe ou deixa de existir, mas se você acredita.
Acredite que pode ser feliz e será.
Acredite que somos capazes de viver em paz e viveremos.
Acredite no amor incondicional e amarás.
Acredite em anjos e eles virão até você.
Acredite na chuva em dias de seca... Eu acredito.”

Enviar um comentário