terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Nova Vida

“Nova vida chama por ti agora. Nova vida, novas pessoas, novos acontecimentos. O passado morreu. Tem de morrer. Tudo o que valia até aqui deixou de valer – ou se calhar nunca valeu. Todas as hipóteses que se afiguravam viáveis deixaram de o ser. Vieste aqui para morrer. Para definhar, quebrar e limitar a tua resistência. Nada tem de ser perfeito. Mas tem de ser novo.

Nova vida, novas oportunidades. As coisas que dantes tinham valor deixaram de o ter. Qualquer coisa que queiras usar que seja do passado, qualquer pessoa, ocasião, circunstância ou forma de agir, qualquer medo de sentir, tudo isso será agora extremamente penalizado.

Acabou o ciclo. Acabou o fluxo. Agora, quero tudo novo. Deixa a vida apresentar-se e vais ver o maravilhoso e certeiro que é.”

Enviar um comentário